O Parque Estadual da Pedra Branca é considerado a maior reserva florestal em área urbana no mundo. Compreende um total de 12.500 hectares, onde se destaca o Pico da Pedra Branca, ponto culminante da Cidade com 1024 metros de altitude. SITE NÃO OFICIAL.
"Quero poder deixar esse mundo melhor do que encontrei..."



sábado, 9 de abril de 2016

Conselho Consultivo do PEPB cria a Câmaras Temáticas



Com o intuito de somar e debater ideias, o Conselho Consultivo do Parque Estadual da Pedra Branca foi criado pela Portaria IEF/RJ/PR/N°269, de 17 de dezembro de 2008. O objetivo principal dos Conselhos de Unidades de Conservação (UC) é reunir além de órgãos públicos, instituições de pesquisa e entidades da sociedade civil interessadas em participar da gestão das mesmas.
Segundo o INEA, os Conselhos Consultivos são espaços de diálogos compostos por diferentes atores sociais e o órgão ambiental estadual. Participam do Conselho Consultivo do Parque Estadual da Pedra Branca (ConPEPB) moradores de comunidades localizadas no parque e entorno, membros de organizações públicas e privadas, membros instituições de pesquisa, produtoras e produtores agrícolas, estudantes e convidados. Nas reuniões do Conselho, todos podem expor suas ideias e debater temas relacionados com a gestão do parque, desde instrumentos de conservação da biodiversidade até o orçamento de obras públicas.
            Para organizar e facilitar o diálogo entre os diversos assuntos que precisam ser tratados nas reuniões periódicas do Conselho, a atual equipe que auxilia o desenvolvimento do ConPEPB, em conjunto com os Conselheiros, definiu a criação de 4 Câmaras Temáticas (CTs), considerando os temas prioritários para a gestão do parque: de Uso Público, de Comunicação, de Agroecologia e Comunidades Tradicionais e de Gestão de Riscos e Desastres. As CTs são um outro tipo de canal de participação social dentro do ConPEPB e cada uma delas possui um coordenador e um relator, responsáveis por agendar e convocar as reuniões e elaborar as atas..
            O trabalho destas CTs facilita diálogo direto com membros dos setores de governo e da sociedade civil na condução de temas específicos, e facilita o tratamento de conflitos relacionados com a UC, amadurecendo questões que, quando chegam ao Conselho, são apresentadas e encaminhadas de modo mais ágil.
            No âmbito da CT de Comunicação, ocorreram dois encontros onde os membros definiram os principais objetivos da CT:
· Fazer a interface entre todas as CTs publicizando as informações debatidas entre todos os conselheiros;
· Criar ou aprimorar uma ferramenta para a comunicação entre a gerência do INEA e o ConPEPB;
· Criar e alimentar meios de comunicação com as comunidades de dentro e do entorno do parque
 
            As reuniões periódicas do Conselho são abertas ao público e todos os interessados podem participar, porém, para ser membro do Conselho, é necessário passar por um processo de inclusão. Para maiores informações, entre em contato com o PEPB: (21) 3347-1786. E-mail: pepb.social@gmail.com

CT de Comunicação do PEPB
 



 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Mutirão Barra de Guaratiba

Vamos colaborar com o mutirão da Praia da Maré!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Mutirão de limpeza - Núcleo Piraquara

No ultimo dia 25/01 foi realizado um mutirão de limpeza nas cachoeiras do Núcleo Piraquara, em Realengo. A primeira queda estava bastante assoreada com muitas folhas. A atividade contou com a participação dos guarda-parques e de vários voluntários. Parabéns a todos!

Fotos e Fonte: https://www.facebook.com/pqpedrabranca/photos/pcb.598482736969753/598482530303107/?type=3&theater





sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Operação Verão nas Praias Selvagens

Na última sexta-feira, dia 08 de janeiro, foi iniciada a Operação Verão das Praias Selvagens.
 
Foi realizada a vistoria em dois atrativos turísticos bastante frequentados na região da Barra de Guaratiba: a Pedra do Telégrafo e a Praia do Perigoso, que compreendem duas Unidades de Conservação, o Parque Estadual da Pedra Branca e Parque Natural Municipal do Grumari.
Esses dois atrativos, nos últimos meses, foram degradados com pichações, camping irregular entre outras atividades ilícitas.
 
Considerando estes impactos, o Serviço de Apoio as UCs e o PEPB oganizou uma ação de fiscalização nos locais, e contou com a presença e apoio do responsável pelo Serviço de Apoio as Unidades de Conservação do INEA (Alexandre Pedroso), Chefe (Andrei Veiga), guarda-parques e equipe de uso público do PEPB, Chefe do Parque Natural Municipal do Grumari (Alexandre Chagas), um representante dos voluntários da TRILHA TRANSCARIOCA (Alex Vieira), da Patrulha Ambiental, do Batalhão Ambiental, da Unidade de Policia Ambiental (UPAM/PEPB) e do Grupamento de Defesa Ambiental da Guarda Municipal (GDA).
 
Na Praia do Perigoso, os visitantes foram notificados e orientados quanto aos usos permitidos e barracas foram apreendidas. No Morro do Telégrafo, foram feitas intervenções de barramento dos acesso proibindo a passagem de motocicletas e instalação de placas informativas.
É importante destacar a importância de ações integradas entre diversas esferas de governos e a sociedade civil para ações efetivas de controle, fiscalização e uso público nas unidades de conservação. O PEPB reconhece e agradece a todos os voluntários, organizados em grupos ou não, que contribuem para a integridade do meio ambiente!
 
Fotos: Livio Bruno e Ingrid Pena